Polêmica da vez: O esmalte anti-estupro




Algum tempo atrás li várias reportagens falando sobre essa invenção de 4 jovens da Carolina do Norte(EUA) que estavam ganhando vários prêmios pela inovação. Achei o assunto interessante e resolvi trazer pra vocês também conhecerem um pouquinho.


Os meninos são Tasso Von Windheim, Tyler Confrey-Maloney, Stephan Gray and Ankesh Madan. 





Infelizmente, somente nos EUA 18% das mulheres são vítimas de estupro ao longo da vida e o uso de substâncias para facilitar o abuso e a violência sexual contra mulheres é algo comum, em especial no âmbito estudantil. E foi pensando nisso que esses rapazes criaram um esmalte que muda de cor em contato com substâncias conhecidas como drogas de estupro ou “boa noite cinderela” - as mais famosas são o Rohypnol, Xanax e GHB. Ou seja, se alguém te oferecer uma bebida basta apenas colocar a ponta do dedo no copo e se uma dessas substâncias estiverem presentes o esmalte muda de cor.

Claro que eu não estou aqui pra colocar a culpa na vítima e dizer que “foi ela que não se preveniu direito”. Afinal, A CULPA NUNCA É DA VÍTIMA. E existem muitas outras formas de combater o estupro e a mais importante delas é a conscientização. Porém, achei interessante a idéia já que é algo tão recorrente não só nos EUA, como também no restante do mundo.

Se você quiser saber mais clique AQUI para ver a página no facebook divulgando dos rapazes divulgando sua pesquisa.

E aí meninas o que acharam? Usariam o esmalte?

Um super beijo!




Nenhum comentário

Postar um comentário