Dicionário de Make: Como nunca mais errar no tom da base!



Olá coisas lindas! Como vocês estão?

No Dicionário de Make da semana vim falar sobre uma das maiores dificuldades da mulherada por aí. Afinal como não errar na hora de escolher o tom da sua base? Quer ver todas as dicas? Só continuar lendo.

Parece simples, mas não é. Os tons de base são divididos no mínimo em 3 tipos, claro, médio e escuro. Porém, muitas marcas dentro da categoria "Claro" por exemplo, ainda subdividem em muitos outros tons e esses são chamados de subtons que podem ser quentes, frios ou neutros. O problema é que cada marca de maquiagem tem uma gama de cores de tons e subtons com diversos nomes e aí a gente fica perdida. Então a dica é: ache o seu tom e dentro dessa categoria encontre seu subtom. 

Mas como? 

O primeiro erro e mais comum é comprar uma base que "desapareça" no seu rosto, ou seja, que seja do exato tom da sua pele do rosto. E qual o erro nisso? A pele do rosto nunca é da mesma cor que o nosso colo/pescoço/ombros. Por isso olhe bem pra você no espelho e veja a cor que mais aparece, essa é a cor que seu rosto também deve ter quando maquiada para que não fique parecendo uma máscara. Normalmente o nosso decote costuma ser mais escuro pois a maioria evita bronzear a área do rosto ficando sempre mais clara que o restante do corpo. Fique atenta!

Achando seu tom ideal, vamos para a escolha do subtom.

Você tem um subtom frio se:

• Se as veias do seu pulso são azuis ou roxas;

• Se  jóias de cor prata combinam mais com sua pele do que douradas;
• Quando você olha para a sua pele no sol, e ela parece azulada.


Você tem um subtom quente se:

• As veias em seu pulso são ligeiramente verde ou verde-oliva;

• Jóias de ouro (douradas) combinam mais com a sua pele do que as em prata;
• Quando você olha para a sua pele no sol, ela parece ser amarelada.


Você tem um subtom neutro se:

• As veias em seu pulso são azul/verde;

• Jóias de ouro e prata ficam bem em sua pele;
• Quando você olha para a sua pele no sol, e ela parece ser esverdeada.


Depois de achar seu tom e subtom algumas outras dicas importantes:

  • Só existe um jeito de saber se aquela é a base perfeita pra você: TESTANDO! Vá a loja sem maquiagem e teste mesmo, sem medo de errar. Se não for aquela, tire tudo e continue testando. Determinação é a palavra!
  • A iluminação do ambiente pode te enganar, então depois de testar a base use-a durante um tempo em diferentes iluminações e tire uma foto. Ainda acha que ficou bom pra você? Então essa é sua base!
  • Depois de testar sua base na loja e em diferentes iluminações, teste ela durante o seu dia. Muitas vezes a textura da base não se adapta a sua pele por diferentes razões. É importante testá-la em situações reais que você vai enfrentar diariamente.
  • Pesquise no google sobre a tal base: saber sobre a experiência de outras pessoas, pode te ajudar bastante a tomar a decisão certa.

Mas Mirley, não li seu post e agora já comprei a base errada(risos). O que devo fazer?

Contornar é a solução. Você pode usar uma base escura como contorno e uma base clara para iluminar. Já tem post aqui no blog sobre o contorno ideal para cada tipo de rosto e você pode ver clicando AQUI.

"Ah, mas contornar dá muito trabalho. Não tem outro jeito?"

Contornar é o mais indicado para um efeito perfeito. Porém, dá pra quebrar um galho usando 2 dicas:

- Se a sua base for escura, misture-a com um pouco de hidratante ou protetor solar branco. Isso vai deixá-la mais clara e mais leve.

- Se a sua base for clara, use um pó bronzeador do meio para fora do rosto. Isso vai ajudar a amenizar aquele efeito "fantasma".

Gostaram das dicas? Espero que sim!

Um super beijo e até amanhã!

Nenhum comentário

Postar um comentário